Google+ Followers

terça-feira, 28 de agosto de 2012

A vida é boa


A vida tem me afagado com um abraço cordial todos os dias, desde quando acordo até a hora em que durmo. Nem é preciso muito. A minha fórmula é até deveras trivial: gosto quando estranhos me sorriem, sobretudo quando provocados por mim, por exemplo; não faço distinção entre o ouro e o cobre, no quesito respeito aos outros; rego plantinhas no fim da tarde e escuto o vento já sussurrando sonhos de primavera.

Nenhum comentário: